Como cuidar bem do seu produto

Quem trabalha na àrea da saúde sabe que o perigo está presente em lugares que os olhos não veem.

Portanto, o jaleco deve ser utilizado com responsabilidade, para evitar que vilões invisíveis sejam transportados de um lugar para o outro.

Pensando nisso, listamos algumas dicas indispensáveis para cuidar do seu produto e evitar que você seja um propagador desses micro-organismos. Confira:


GABARDINE 100% POLIÉSTER

1. Lavar e Conservar: Sempre que chegar do trabalho deixe a peça de molho em sabão neutro. Se possível lave-a com a mão e nunca friccione sobre a pedra do tanque ou com escova. Se tiver que utilizar máquina de lavar ajuste para lavagem de tecidos leves e nunca lave junto com outras roupas. Caso a peça tenha zíperes, eles devem estar fechados durante a lavagem.

2. Secar: Recomenda-se sempre deixar o jaleco secando à sombra, pois tecidos de poliéster tem a vantagem de secarem rapidamente. E uma sugestão é deixar a peça secando pelo lado avesso e em um cabide.

3. Passar: Como a maioria dos tecidos utilizados na confecção de jalecos contém poliéster em sua composição, o ideal é que estas peças não sejam passadas a ferro. Mas se necessário, é muito importante que o ferro esteja em temperatura baixa. Usar uma fronha ou fralda ajuda evitando que a peça não fique em contato direto com a chapa do ferro. Outro recurso utilizado é passar a peça pelo avesso.


TRICOLINE 100% ALGODÃO


1. Lavar: Se você costuma lavar vários tecidos de uma só vez, procure separar as cores escuras das mais claras, como fazemos com as roupas. Evite usar sabão em pó, lave somente com água. Coloque um pouco de vinagre na água, ele ajuda a manter as cores vivas. Caso não tenha muito tempo, pode colocá-lo em uma bacia com água e deixar por no máximo 5 minutos. Caso o tecido possua cores fortes, não é indicado colocá-lo de molho. O corante eliminado das cores intensas pode manchar as cores claras. A primeira lavagem tem que ser feita com bastante água corrente ou então na máquina de lavar. Nesta lavagem pode ocorrer eliminação de cores na água, mas sem comprometer a intensidade da cor do tecido.

2. Secar: O ideal é secar à sombra, com o cuidado para que os tecidos não fiquem encostados um no outro (principalmente se tiverem cores muito diferentes). Pode ser no varal ou na secadora. É importante lembrar que a secagem em secadora provoca encolhimento.


BRIM


1. Lavar: Se você costuma lavar vários tecidos de uma só vez, procure separar as cores escuras das mais claras, como fazemos com as roupas. Evite usar sabão em pó, lave somente com água. Coloque um pouco de vinagre na água, ele ajuda a manter as cores vivas. Caso não tenha muito tempo, pode colocá-lo em uma bacia com água e deixar por no máximo 5 minutos. Caso o tecido possua cores fortes, não é indicado colocá-lo de molho. O corante eliminado das cores intensas pode manchar as cores claras. A primeira lavagem tem que ser feita com bastante água corrente ou então na máquina de lavar. Nesta lavagem pode ocorrer eliminação de cores na água, mas sem comprometer a intensidade da cor do tecido.


2. Secar: O ideal é secar à sombra, com o cuidado para que os tecidos não fiquem encostados um no outro (principalmente se tiverem cores muito diferentes). Pode ser no varal ou na secadora. É importante lembrar que a secagem em secadora provoca encolhimento.





Gostou das nossas dicas ? As seguindo corretamente você garante que seu jaleco esteja sempre limpo e higienizado, além de durar por muito mais tempo, é claro.

Pague com

Selos

  • Protegido por SSL GoCache

CNPJ: 11.298.816/0001-60
Razão Social: MARIANGELA BORGES ALVES - ME
Endereço: AVENIDA GUILHERME FERREIRA 360 - CENTRO, UBERABA - MINAS GERAIS

© 2019 Ateliê do Jaleco - Todos os direitos reservados.